CBMAP

Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amapá

Vidas alheias e riquezas salvar

Acessibilidade: A+ A() A-
NOTÍCIAS

CORPO DE BOMBEIROS RETIRA OBJETO CURIOSO DO BRAÇO DE UM HOMEM

Por: Sem Autor - 01/11/2017 - 12:29
Foto: Sem Autor da Midia

No último domingo (29), o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amapá no 1º Grupamento Bombeiro Militar, localizado na rua Hamilton Silva, recebeu uma ocorrência atípica e inédita, um homem chamado Eduardo estava buscando ajuda para retirada de um rolamento de aço preso em seu braço esquerdo a quase 1 ano.

Esse objeto ele colocou depois de um pacto que fez entre dois amigos, na praça do relógio em Belém do Pará, mas ao fazer um serviço pesado sentiu que sua circulação estava presa, o que começou a impedir que ele movimentasse seus dedos da mão esquerda. Ao chegar no grupamento ele foi atendido pela oficial chefe de socorro capitã BM Valéria, que logo percebeu a gravidade do estado do Sr. Eduardo e solicitou auxílio do aspirante à oficial BM Harold Sena.

O mesmo foi chamado por ter conhecimento técnico e equipamentos específicos para este tipo de atendimento. Isso porque escreveu, como trabalho de conclusão do curso de formação de oficiais, artigo cientifico na área de retirada de anéis e similares, acompanhado de guia prático de retirada de anéis e similares, guia este incorporado ao Manual de Salvamento Terrestre do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiânia - CBMGO de 2017.

Realizada a análise do braço pelo aspirante, notou-se um edema formado no local aonde se encontrava o rolamento. Feito isso, a técnica adotada para o corte do objeto exigiu o uso de uma ferramenta chamada micro retífica (pequena ferramenta elétrica de corte para ferro, madeira e plástico).

A guarnição que estava de serviço atuou junto ao aspirante Sena, com revezamentos para manter o braço da vítima elevado, no auxílio do corte com água e massagem para drenar a circulação sanguínea. Muitas lâminas foram utilizadas durante o corte, devido a espessura do aço que não era pequena. A retirada total do objeto durou 1 hora e 20 minutos.

Depois de solucionada a ocorrência, Senhor Eduardo informou que, como medida de prevenção, entraria em contato com seus amigos participantes do pacto cientificando-lhes sobre o perigo de manter algo desse porte no braço.

O Corpo de Bombeiros do Amapá alerta a população para não utilizar objetos dessa espécie como acessórios. Em caso de situações semelhantes a esta procure ajuda imediatamente, considerando-se que o tempo é essencial para evitar lesões irreversíveis.

 

Texto: Soldado Verenna com colaboração do Aspirante à oficial BM Sena


 Arquivos vinculados

Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amapá Site desenvolvido e hospedado pelo PRODAP
Rua Hamilton Silva nº 1647 - Santa Rita | CEP: 68.900-068
2018 - Licença Creative Commons 3.0 International

Amapá